RSC

 

Responsabilidade Social


Não concebemos o desenvolvimento e crescimento da nossa empresa sem políticas que nos garantam que, tanto a nossa visão, como o nosso código ético, têm um lugar destacado nos nossos planos e objetivos como empresa, sob forma de responsabilidade face às nossas próprias equipas e aos que nos rodeiam, assim como face à sociedade em geral, consoante o alcance do nosso âmbito de atuação.

Nesse sentido, desde 2005 aplicamos o plano que criamos, "Plano Diretor", para definir objetivos em matéria de Responsabilidade Social.

O nosso plano prevê diferentes aspetos, organizados de forma a obter a máxima visibilidade sobre os âmbitos de atuação nos quais devemos trabalhar, e a oferecer a ordem apropriada para a execução e desenvolvimento das ações que prevê.

diagrama_RSC_1_PT
 

1. Política de Responsabilidade Social e GRI

Orientamos as nossas políticas internas de gestão empresarial para a garantia de uma maior qualidade de vida profissional e familiar dos nossos trabalhadores, e proporcionalmente, para exigir aos mesmos mais compromisso, lealdade e eficiência no trabalho realizado, tudo isso, com o objetivo prioritário e fundamental de obter maior competitividade, rentabilidade e produtividade para eles.
O GRI (Global Reporting Iniciative) é uma organização cujo fim é impulsionar a elaboração de relatórios de sustentabilidade em qualquer tipo de organização, com o fim de facilitar a comparação anual e entre empresas. A Responsabilidade Social Corporativa na ST Consultores é gerida através do Comité de RSE criado para esse efeito.
 
infografia_RSC_2_PT
 

2. Clientes e Sociedade.

 
parallax background
 

3. Fornecedores e Ambiente.

Na ST Consultores também confiamos noutras empresas e profissionais para que nos ofereçam os seus produtos e serviços. No âmbito da relação com os nossos fornecedores, definimos os seguintes compromissos e indicadores:
  • Promover e aumentar a base de colaboradores, potenciando os técnicos e o know how local.
  • Aplicação do protocolo de homologação de fornecedores.
  • Aplicação do princípio de lealdade nas contratações.
  • Promover a concentração de encargos por confiança na qualidade do serviço prestado.
  • Diminuir o prazo de pagamento aos fornecedores.
O nosso Plano Diretor implica um compromisso prévio com o ambiente. Implementamos ações como o nosso Plano Escritórios sem papel, através do qual reciclamos e sensibilizamos, e um plano de iluminação mais eficiente.
 

4. Equipa Humana

Na ST Consultores construímos confiança empresarial para os nossos clientes, mas entendemos que essa confiança começa dentro da companhia. Só se gerarmos confiança interna seremos capazes de gerá-la também nos nossos clientes. Por isso acreditamos e defendemos uma cultura na qual o nosso pessoal acredita naquilo que faz, forma um grupo jovem e dinâmico, conhece o seu potencial, procura novos caminhos e aproveita a oportunidade sabendo de forma intuitiva, o que é bom para a marca, para os clientes e para os colegas.
Auditamos os âmbitos de controlo e melhoria que consideramos sermos obrigados a respeitar através de indicadores como a percentagem homens/mulheres, a percentagem de tipo de contratação por idade e sexo, a percentagem de homens e mulheres em perfil dirigente/chefia-intermédia, e a contratação de perfis de mais de 45 anos. A ST Consultores compromete-se com a sua equipa humana em relação à melhoria constante nas suas medidas orientadas para a obtenção do benefício social dos seus trabalhadores, definindo-se como prioridade.
parallax background
 

5. Ética e Governação Empresarial

No ano 2011, definimos os princípios da ST Consultores em matéria de responsabilidade civil de empresa, em relação aos compromissos aos quais a empresa se obriga perante a sociedade. Os princípios devem estar presentes em todas as decisões da Sociedade, e fundamentalmente nos seus Planos Diretores e estratégicos, e são:
  • Independência nos trabalhos desenvolvidos pela Sociedade.
  • Confidencialidade e sigilo profissional.
  • Veracidade, transparência e objetividade.
  • Integridade em todas as suas intervenções.
  • Princípio de austeridade.
  • Condições laborais justas baseadas no respeito e na não discriminação.
  • Compromisso com os profissionais que colaborem com a Sociedade.
  • Lealdade com os Clientes.
  • Compromisso com o ambiente.
  • Rigoroso cumprimento das leis.
  • Cooperação com as autoridades.
Os grupos de interesse para a ST Consultores são todos os grupos com os quais a empresa mantém relação no dia-a-dia e dos quais, de uma forma ou outra, precisa e que podem precisar dela para continuar a crescer.
 

6. Protocolos e políticas de conduta


É um princípio essencial da ST Consultores o respeito pela dignidade das pessoas que compõem a sua organização. A ST Consultores não aceita a discriminação nem qualquer tipo de assédio. A responsabilidade de manter estas linhas de conduta é própria não só dos dirigentes como também de cada empregado. Como linha de ação, dispomos do canal de denúncia, o qual fica definido no código de cumprimento regulamentar.

Nos nossos protocolos, políticas, e medidas para assegurar o cumprimento do código de cumprimento regulamentar, indicamos como princípios que as decisões relacionadas com a seleção e contratação de pessoal, baseiam-se nas competências, qualidades, capacidade, experiência profissional e congruência com os valores da Sociedade. O sexo, a idade, a origem étnica nem qualquer outro fator são considerados relacionados com os critérios mencionados, para a tomada das referidas decisões.